Ajuste do ponto nas RX a platinado.

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Ajuste do ponto nas RX a platinado.

Mensagem por Magrão tk em 25/11/2013, 18:37

Vou fazer um breve tutorial para aqueles que ainda querem manter o platinado nas RX125/80 e TT125.

Aqui a foto da antiga mesa da minha RX não instalada (há tempos optei pelo sistema da DT180 que é cdi e de fácil adaptação)


A posição correta da mesa no motor é como ela está aí, com o platinado no lado de cima.


O ponto de ignição dessas motos pode variar conforme fica a abertura do platinado. Se ele tiver pouca abertura vai abrir depois, atrasando o ponto. Se tiver muito aberto vai abrir antes, adiantando o ponto.

O ajuste se faz primeiro soltando um pouco o parafuso de aperto do platinado (o parafuso de fenda da minha mesa.)
Apenas afrouxe um pouco até conseguir mexer com a abertura da platina. Nem muito apertado, e nem muito folgado pro platinado não sair de posição sozinho.

Pra regular a abertura se usa uma chave de fenda encaixada como na foto 2, pegando esse rasgo da mesa e o rasgo que tem no platinado. Use uma chave com largura adequada pra isso.
Forçando a chave em sentido horário se abre mais a platina (adianto) e girando no sentido anti horário ele fecha (atraso).




Agora como saber o ponto certo:

Vai ser preciso um recurso elétrico: pode se usar um multímetro quem tiver um, e quem não tiver pode se usar uma lampada ligada a uma bateria. Vou explicar como fazer em cada situação.

Pra fazer com o multímetro os passos são: colocar o aparelho em escala de resistencia mais baixa (X1), e calibrar encostando a ponta de prova vermelha na preta e ajustar pra marcar 000, ou em caso de multímetro de ponteiro o ponteiro atingir o fim da escala. Se caso o aparelho não zerar esses valores não tem problema, basta memorizar o que ele marca encostando as ponteiras uma na outra.

Isso é feito pra saber o momento EXATO de abertura da platina, pois esse é o momento de disparo da faísca e onde deve ser feito o ajuste pela posição do magneto e pistão.

OBSERVAÇÃO: o fio da mesa a ser medido é o fio preto com branco. Pode ser desconectado do chicote principal pra medir ou não, tanto faz. Mas se for medir com ele ligado ao chicote, a chave de ignição precisa estar LIGADA.


A ligação do multímetro a moto tá explicada no desenho abaixo:


Quando o platinado tá fechado ele aterra o fio que tá ligado a ponta vermelha do aparelho, por isso que ele vai dar o mesmo valor de quando as ponteiras do aparelho se encostam.
O valor vai mudar quando ele abre, vai dar outra medida, mas tambem baixa pouca coisa diferente. Essa medida é o valor da resistencia da bobina, esse valor não se leva em conta no teste. O que precisa é prestar atenção quando o aparelho muda a leitura, porque a diferença é pouca, a bobina é quase um curto tambem. Por isso prestem atenção! Pois o momento exato que o aparelho muda a medição é o ''ponto''.


Sabendo disso, falta agora apenas saber em qual posição deve se deixar o platinado abrindo... e será essa:



A marca na janela do magneto deve ficar alinhada com a ponta da bobina de força, a do lado esquerdo do platinado.



Feito isso é só fazer o aperto final do platinado. Cuidando pra ele não sair de posição com o aperto. Confere novamente o ponto depois de apertado e refaz se necessário. E está feito!


Agora pra quem não possui o multímetro, pode se conferir a abertura da platina desse modo, mais fácil inclusive. Basta ter uma bateria boa e uma lampada com soquete pra ligar fora da moto.


Nesse modo é mais simples: basta observar o momento exato que a lampada cair o brilho. Ali é o ponto de abertura da platina.


É isso! Espero que tenha ficado fácil de entender, qualquer coisa é só perguntar.
avatar
Magrão tk
Admin

Mensagens : 22
Data de inscrição : 08/07/2013
Idade : 37
Localização : Taquari - RS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum